O cantor e compositor Tonzão será a principal atração do bloco Sal da Terra, um conjunto de atrações evangélicas que ocorrem no mês do carnaval na cidade baiana de Salvador.

O bloco este ano, que é formado por integrantes da Igreja Batista Missionária da Independência – IBMI, tem como principal atração o funkeiro Tonzão. A edição de 2017 tem, como função, dar continuidade ao sucesso alcançado no ano anterior, quando trouxe, ao Pelourinho, um dos ícones internacionais do reggae evangélico, o grupo Christafari. As atrações se apresentarão no Palco da Sé.

Ex-integrante da banda de funk Os Hawaianos, Tonzão se tornou evangélico e passou a ser membro da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD). Em seguida, lançou-se como cantor solo e chegou a gravar um disco. Uma de suas canções, “Passinho do Abençoado” conta com milhões de visualizações na plataforma de vídeos do YouTube.

Com toda a notoriedade alcançada, Tonzão se apresentou em festivais evangélicos, como o Louvorzão. De acordo com nota divulgada pela assessoria do evento, Tonzão, após sua conversão, adaptou toda a estética de sua apresentação. “O funk é a cultura da periferia. A batida é a mesma. As letras que são diferentes. A dança é uma forma de evangelizar”, disse o músico.

Além da apresentação de Tonzão, o bloco Sal da Terra tem várias atrações em cinco dias. Entre elas, o cantor e compositor Lázaro, Waguinho, Marcos Nunes e a banda de samba-reggae Sal da Terra. Segundo a organização do evento, o bloco também contará com programação dedicada ao público infantil.

Antes de qualquer crítica que possam receber, a organização do evento reafirma suas intenções. “Nós estamos levando a palavra de Deus, seja onde for. Se fisicamente Jesus estivesse aqui, certamente Ele estaria proclamando seu Evangelho dentro do Carnaval conosco. A mensagem é mesma, arrependam-se, pois é chegado o Reino de Deus”, afirmou Gustavo Mercês.

Comentários

Comentários

- Publicidade -